“A gente faz o melhor para o São Paulo”, diz Fernando Diniz após vitória sobre o Guarani

Treinador foi duramente criticado por parte da torcida do Tricolor pelo fato da vitória sobre o Guarani favorecer o rival Corinthians

Após a vitória do São Paulo por 3 a 1 sobre o Guarani, na Vila Belmiro, pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista 2020, o técnico Fernando Diniz não se incomodou com as críticas por ter escalado os reservas para o confronto.

Em entrevista coletiva, o comandante do Tricolor diz não ter recebido nenhuma crítica, lembrou que seu trabalho é focado em fazer o melhor pelo clube e a vitória sobre o Bugre – independente de ter favorecido o rival Corinthians – é fruto de ter escolhido o melhor para entrar em campo.

LEIA MAIS: Organizada do São Paulo critica o Tricolor após vitória sobre o Guarani: “Futebol é malandragem”

Eu nem recebi as críticas, para falar a verdade. Em mim não chegou nada, essa correspondência não era para mim. Coloquei o melhor time possível para o São Paulo jogar hoje, o que foi provado pelo resultado do jogo e pela maneira como a equipe se comportou. A gente tem que cuidar do São Paulo, a gente não tem nada a ver com as outras equipes. A gente faz o melhor para o São Paulo. Isso é uma questão de ética e respeito ao futebol, respeito à vida. A gente fez o que era melhor para o São Paulo e vai continuar fazendo sempre“, disse.

Logo após o apito final, a Independente, maior organizada do clube, fez duras críticas ao resultado do Tricolor sobre o Guarani, destacou que “futebol é malandragem’ e cobrou que, a partir de agora, o ‘Paulistão virou obrigação’.

Lugano, atual superintendente de relações institucionais, fez publicação destacando que o São Paulo entra em campo independente do que está em jogo em razão de que “grandeza se mede pela conduta”. O próprio Tricolor usou as redes sociais para destacar que atuou com 11 crias de Cotia em campo.

LEIA MAIS: Lugano se manifesta sobre ‘ajuda’ ao Corinthians: “Temos história pra honrar”

PRÓXIMO JOGO DO SÃO PAULO

Classificado às quartas de finais do Paulistão como líder do Grupo C, o São Paulo enfrenta o Mirassol, no Morumbi, e aguarda a definição de data e horário por parte da FPF (Federação Paulista de Futebol).

Questionado sobre o rival, Diniz alerta para o trabalho de estrutura do clube nos últimos anos e projeta um duelo complicado por vaga na semifinal.

O Mirassol começa por uma grande administração, tem uma estrutura ótima, investe no futebol. Tem grande treinador. Infelizmente eles perderam jogadores, mas a gente tem que esperar certamente um jogo muito difícil. É uma equipe organizada“, finalizou.

ASSISTA A COLETIVA DO TÉCNICO FERNANDO DINIZ:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais