Atacante do São Paulo sente desconforto na coxa e fará treinos especiais em Cotia

Helinho será preservado pela comissão técnica do São Paulo para estar apto a voltar antes da volta do Paulistão

O atacante Helinho acusou um desconforto na coxa direita durante os treinos do São Paulo nesta quarta-feira (8) e será preservado das atividades de campo na próxima semana para ter recuperação física 100%.

Segundo o site Globoesporte.com, preocupado com o lado físico do jogador, a comissão técnica do Tricolor entendeu que a melhor solução atual é colocá-lo para treinos especiais por uma semana para evitar que o problema vire lesão.

O departamento médico do São Paulo preparou uma série de treinos especiais com o grupo de jogadores para reforços muscular para evitar lesões por causa dos mais de 100 dias de paralisação do futebol devido à pandemia do coronavírus.

O desconforto não veio em hora muito boa para Helinho. Dono de características próximas a Antony, o ex-titular vendido ao Ajax, da Holanda, o atacante seria observado por Fernando Diniz e tinha chances de ser testado na reta final da primeira fase do Paulistão já que o Tricolor está classificado para o mata-mata.

Assim, Pablo volta a ganhar visibilidade para atuar em setor que não é da sua origem, mas tem desempenhado bem ao longo da temporada de 2020. A outra opção estudada pela comissão técnica é o meia-atacante Everton.

SÃO PAULO EM COTIA

Como o Paulistão 2020 volta oficialmente em 22 de julho, o elenco do São Paulo foi levado a Cotia para período de treinos para recondicionamento físico e até para isolamento social para seguir as restrições pedidas pelo protocolo ‘Plano São Paulo’, criado pelo governo.

Para receber a delegação, o CFA Laudo Natel passou por algumas adaptações, nos mesmos moldes de segurança adotados no CT da Barra Funda, com a instalação de tendas ao ar livre para musculação e exercícios físicos, criação de nova área de recuperação e a prática de rígidos protocolos sanitários.

Todos ficarão em quartos individuais, as refeições respeitarão normas de distanciamento, não haverá utilização do vestiário e todo o material de trabalho será colocado diariamente na frente de cada habitação antes dos treinos.

Mesmo isolados e previamente testados, os integrantes da delegação seguirão monitorados pelo Departamento Médico.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais