Benedetto rasga elogios a ex-atacante do São Paulo: “Não existe jogador tão atrevido e desequilibrante”

Atacante argentino diz que Centuríon foi um dos melhores companheiros de ataque

Carrasco do Palmeiras na Libertadores de 2018, Dario Benedetto foi um dos destaques do vice-campeonato do Boca Juniors, da Argentina, seguiu rumo ao Olympique de Marselha, da França, para viver o sonho europeu, mas ainda não encontrou um companheiro de ataque ideal.

Aliás, o nome ideal na mente do atacante é Ricardo Centurión, ex-jogador do São Paulo, Genoa, da Itália, e, atualmente, no Vélez Sarsfield, da Argentina,

Em entrevista ao Diário Olé, da Argentina, Benedetto se declarou fã do futebol de Centurión e deixou claro que sua parceria nos tempos de Boca Juniors entre os anos 2016 e 2017.

Não existe nenhum jogador no futebol atualmente que seja tão atrevido e desequilibrante como Centurión“, declarou.

Na entrevista, Benedetto ainda revelou que não gostaria de ter saído do Boca antes de sair para o time francês: “Não queria sair do Boca, mas estaria sendo egoísta comigo. Queria cumprir meu sonho de jogar na Europa“, finalizou.

Benedetto Centurion São Paulo
Divulgação/Boca Juniors

NÚMEROS DE CENTURÍON NO SÃO PAULO

Contratado por R$ 13 milhões como a maior promessa do futebol argentino, em 2015, Ricardo Centurión teve passagem turbulenta pelo São Paulo Futebol Clube por problemas extracampo e não acabou vingando.

Ao todo, Centurión atuou pelo Tricolor em 80 oportunidades e marcou somente oito gols. Após dois anos no Tricolor Paulista, o argentino foi emprestado por duas temporadas ao Boca Juniors, clube no qual atuou ao lado de Dario Benedetto, e acabou vendido ao Genoa.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais