CBF diz que São Paulo “não tem razão” na reclamação de agressão de Jô a Diego Costa

A ouvidoria de arbitragem da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) considerou que o São Paulo “não tem razão” na reclamação que fez à entidade sobre a arbitragem do clássico contra o Corinthians, domingo passado, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro. O Tricolor venceu por 2 a 1.

O São Paulo enviou um ofício à CBF reclamando da não expulsão do atacante Jô, do Corinthians, aos 23 minutos do segundo tempo, após ser acusado de agressão por Diego Costa, do Tricolor.

O zagueiro são-paulino alertou ao árbitro do soco, mas, depois de análise no VAR, não houve cartão vermelho.

LEIA MAIS:
+ Tricolor acerta a renovação de contrato de Paulinho Boia; veja detalhes do contrato
+ Em vitória do Ajax, Antony dá drible desconcertante e ‘apanha’ de dois marcadores; assista

Nesta semana, Jô foi denunciado pelo STJD e pode ser punido. O julgamento está programada para a semana que vem.

De acordo com a ouvidoria da CBF, a reclamação do São Paulo foi:

O Reclamante oferece esta Reclamação alegando que seu atleta Diego sofreu agressão física com um murro desferido pelo jogador adversário, Sr. Jô, que lhe causou indignação, sobretudo porque a ação foi “ignorada e protegida” pela equipe de arbitragem, além de lhe haver dado prejuízo, pois o jogador agressor deveria ter sido expulso“.

FONTE: GE.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais