Criticado em eliminação do São Paulo, Daniel Alves desabafa: “Só abaixo a cabeça para orar”

Camisa 10 do Tricolor usou as redes sociais para expressar a tristeza com a queda no Paulistão

Um dia após a eliminação do São Paulo para o Mirassol, em jogo das quartas de final do Paulistão 2020, Daniel Alves usou as redes sociais para desabafar sobre as críticas sofridas com o desempenho ruim do Tricolor.

Ontem, hoje, dias difíceis de digerir algumas coisas, mas aqui estamos pra dizer que sentimos muito primeiro pelo nosso trabalho e pelas pessoas que torcem por nós. Trabalhamos para obter resultados, mas algumas vezes eles não vem como planejamos. Uma situação atípica que temos que ter a hombridade e sabedoria de aceitar o que vier“, escreveu Daniel Alves em seu Instagram.

LEIA MAIS: Ex-diretor do São Paulo diz que recebeu pedido para ‘dispensar’ Denilson: “Comportamento inadequado”

Quase sempre o silêncio é resposta mais sábia, algumas vezes as públicas, pois jamais me verão atrás do pelotão de guerra. Eu só abaixo a cabeça pra orar e só ajoelho pra agradecer. Infelizmente não vejo outro caminho que seguir lutando, batalhando e entregando o melhor que temos pra tentar mudar essa história.Sei que o processo é doloroso, o preço é caro, mas aqui estou como sempre estive e como sempre estarei!“, completou.

Jogadores com mais títulos na história do futebol, com 40 taças, Daniel Alves sofreu sua primeira decepção com a camisa do São Paulo. Contratado em agosto de 2019, o jogador deixou a lateral-direita para se aventurar como meia e ganhou a camisa 10 do time do Morumbi.

Entretanto, Daniel Alves segue prestigiado dentro do clube e é um dos líderes do grupo comandado pelo técnico Fernando Diniz.

Em 2020, o agora segundo volante ocupa o status de vice-artilheiro do time com cinco gols – apenas Pablo está a frente com seis tentos marcados.

LEIA MAIS: São Paulo lamenta a morte do jornalista Rodrigo Rodrigues, do SporTV

VEJA A PUBLICAÇÃO DE DANIEL ALVES NAS REDES SOCIAIS:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Ontem, hoje, dias difíceis de digerir algumas coisas, mas aqui estamos pra dizer que sentimos muito primeiro pelo nosso trabalho e pelas pessoas que torcem por nós. Trabalhamos para obter resultados, mas algumas vezes eles não vem como planejamos. Uma situação atípica que temos que ter a hombridade e sabedoria de aceitar o que vier. Quase sempre o silêncio é resposta mais sabia, algumas vezes as públicas, pois jamais me verão atrás do pelotão de guerra. Eu só abaixo a cabeça pra orar e só ajoelho pra agradecer. Infelizmente Não vejo outro caminho que seguir lutando, batalhando e entregando o melhor que temos pra tentar mudar essa história. Sei que o processo é doloroso, o preço é caro, mas aqui estou como sempre estive e como sempre estarei!

Uma publicação compartilhada por Dani Alves (@danialves) em

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais