Diniz vê evolução do São Paulo mesmo em derrota e faz comentário surpreendente sobre demissão

Treinador causou a fura da torcida são-paulina nas redes sociais e viu campanha por sua demissão

Após o revés do São Paulo por 2 a 1 para o Vasco da Gama, em São Januário, pela terceira rodada do Brasileirão 2020, o técnico Fernando Diniz viu a pressão por sua demissão crescer já que o time não encaixa e diz não temer.

Apesar das cobranças, o treinador garante que não se sente ameaçado pelos pedidos da torcida. O técnico acredita que é um processo natural do futebol.

Não é uma coisa que preocupa, é algo que faz parte do mundo do futebol. Quando você está em um grande clube como o São Paulo e o resultado não vem, esse tipo de assunto é corriqueiro. A gente tem que ter a cabeça no lugar e buscar fazer o melhor para o São Paulo. Melhorar o time constantemente para que os resultados positivos venham e a gente consiga dar alegria para a torcida“, afirmou na coletiva.

LEIA MAIS
+ Torcedores do São Paulo se revoltam com derrota para o Vasco e pedem demissão de Diniz: “Não dá mais”
+ São Paulo e Grêmio avançam por troca entre Everton e Luciano; veja detalhes
+ São Paulo tem dois nomes em lista dos 500 jogadores mais importantes do mundo; veja relação

Mesmo com o revés, Diniz acredita que o Tricolor teve um bom desempenho em São Januário. Em relação aos últimos jogos, o treinador enxerga uma evolução no time.

O time teve um bom rendimento, a gente conseguiu pressionar muito o Vasco no primeiro tempo. No segundo também, em boa parte, tivemos chances para marcar. Acabou saindo um placar desfavorável no segundo tempo e não conseguimos reverter. É muito importante a gente conseguir resultados. Hoje teve uma melhora no rendimento, mas ela precisa ser acompanhada de resultados. A gente não jogou bem tecnicamente contra o Fortaleza, mas conseguimos ser sólidos na defesa. É importante a gente melhorar nosso desempenho, mas com resultados“, disse o comandante.

Por fim, Diniz minimizou os lançamentos em direção à área na parte final do jogo, não atribuindo a opção à desorganização da equipe.

O time jogou de uma maneira uniforme quase que o jogo todo. No finalzinho, quando já estava com dois jogadores mais altas, o Volpi começou a fazer ligações diretas, não foi desde o começo do segundo tempo. Então, não é podemos fazer uma avaliação de que mudou a característica do time“, finalizou.

Com a derrota para o Vasco, o São Paulo estacionou nos três pontos, ocupando a oitava colocação do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, a equipe enfrenta o Bahia, na quinta-feira, às 20h, no Morumbi.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais