Diretor do PSG confirma saídas de Cavani e Thiago Silva ao fim da temporada: “Decisão difícil”

Clube parisiense tem trabalho na renovação do elenco a pedido do técnico Thomas Tuchel

Neste sábado (13), o brasileiro Leonardo, diretor esportivo do Paris Saint-Germain, da França, comunicou que o zagueiro Thiago Silva e o atacante Edinson Cavani não terão seus vínculos renovados e ficarão livres para definir seu destino.

Em entrevista ao “Le Journal du Dimanche“, o dirigente do time parisiense declarou respeito a história de ambos os jogadores pelo PSG e contou que a decisão de não seguir com a dupla para a próxima temporada não foi fácil.

Foi uma decisão muito difícil de tomar. São jogadores que marcaram a história do clube. Sempre nos perguntamos se devemos continuar por um longo caminho ou se não vale a pena. As histórias foram muito bonitas, mas, sim, estão chegando ao fim“, disse Leonardo.

Thiago Silva e Cavani têm contrato com o Paris Saint-Germain até o próximo dia 30 de junho, mas será estendido até o fim oficial da temporada 2019/2020 devido a paralisação do futebol no mundo em razão da pandemia do novo coronavírus.

FUTURO DE CAVANI E THIAGO SILVA

A tendência é que ambos os jogadores sigam atuando no futebol europeu. Thiago Silva é sonho de consumo do Fluminense, onde ganhou projeção nacional e foi vendido como estrela para a Europa, mas jornais italianos praticamente cravam seu retorno ao Milan.

Já Cavani é cobiçado por Inter de Milão, da Itália, e Atlético de Madrid, da Espanha, São Paulo e Boca Juniors, da Argentina. O superintendente de relações institucionais do Tricolor, Diego Lugano, declarou que o atacante uruguaio se sentaria para negociar com o time do Morumbi caso decidisse voltar ao continente sul-americano.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais