Dirigente revela que São Paulo vetou a transferência de Anderson Martins ao Botafogo

Zagueiro somente tem contrato com o clube do Morumbi até o fim da temporada de 2020

Mesmo com apenas seis meses de contrato, Anderson Martins não foi liberado pelo São Paulo para negociar transferência ao Botafogo durante a paralisação do futebol no Brasil em razão da pandemia do novo coronavírus.

Em entrevista ao canal do jornalista Jorge Nicola, o vice-presidente comercial e de marketing e membro do Comitê Executivo de Futebol, Ricardo Rotenberg, confirmou que ouviu negativa de Raí, diretor-executivo de futebol do Tricolor, na tentativa de liberação do defensor de 32 anos.

Gostaríamos de ter o Anderson Martins. Conversei com o Raí, mas o São Paulo tem o interesse em mantê-lo para o Campeonato Brasileiro. Não será mais possível“, disse o dirigente.

A negativa do São Paulo em liberar Anderson Martins é por falta de zagueiros no elenco do técnico Fernando Diniz. Bruno Alves e Robert Arboleda são os atuais titulares e contam com Anderson, o jovem Diego Costa e o lateral-direito Juanfran atuando improvisado como opções.

Com problemas de caixa, muito em razão do déficit de R$ 156 milhões de 2019, o Tricolor também tem esperanças de negociar Arboleda. No último mês, jornais franceses informaram que o Lyon estaria disposto a pagar a multa rescisória do equatoriano na abertura da janela de transferências.

A comissão técnica de Fernando Diniz também cogitava abrir espaço para o jovem Rodrigo caso não fique no Portimonense, de Portugal. Porém, os portugueses já sinalizaram desejo de comprá-lo e somente a queda do clube para a segundona pode inviabilizar o negócio.

CHANCE PARA ANDERSON MARTINS

Com contrato até o fim de 2020, Anderson Martins ganha oportunidade de ficar e mostrar o seu valor para ter o vínculo renovado.

O zagueiro chegou ao São Paulo em 2018 após se desligar do Vasco da Gama e soma um total de 56 partidas e dois gols marcados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais