Irmão de Pato ironiza o São Paulo na web: “Vocês tinham certeza que a culpa era do Alexandre?”

Saída do atacante foi concretizada na última quarta-feira devido a perda de espaço com o técnico Fernando Diniz

O irmão de Alexandre Pato, Alexsandro, detonou o São Paulo nesta quinta-feira (20), após o empate em 1 a 1 com o Bahia, pelo Campeonato Brasileiro, no Estádio do Morumbi.

Por meio de seu Instagram, ele defendeu o agora ex-jogador tricolor e ironizou aqueles que supostamente diziam que a culpa da fase são-paulina era por conta do atacante.

Nossa, que engraçado. Vocês tinham certeza que a culpa era do Alexandre? Meu irmão ama esse clube e os torcedores, por isso resolveu sair. Dois jogos que ele não jogou e perdeu os dois jogos [mensagem foi antes do empate]. Agora quem criou, que assuma a culpa“, escreveu Alexsandro, antes de completar com um “empate no final no sufoco”.

LEIA MAIS:
Olheiros cobram fortuna do São Paulo por fatia de venda de Rodrigo Caio ao Flamengo
Antigo sonho do São Paulo, Luan está ‘desesperado’ para deixar o Japão
CBF antecipa jogo do São Paulo pelo Campeonato Brasileiro; veja detalhes

Depois de deixar o São Paulo, Pato agora procura um clube para seguir sua carreira. O Internacional parece ser o destino mais provável do atleta. A equipe colorada já fez contatos com o jogador e seu agente e espera contratá-lo para o lugar de Paolo Guerrero, que lesionou o joelho e está fora da temporada.

VEJA A PUBLICAÇÃO DO IRMÃO DE PATO NAS REDES SOCIAIS:

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 BAHIA

Local: Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 20 de agosto de 2020, quinta-feira
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda (RJ)
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Correa e Daniel do Espirito Santo Parro (ambos do RJ)
VAR: Paulo Roberto Alves Junior (PR)
Cartões amarelos: Vitor Bueno, Gabriel Sara (São Paulo); Gregore, Zeca (Bahia)

GOL
Bahia: Rossi (20 minutos do primeiro tempo)
São Paulo: Luciano (40 minutos do segundo tempo)

SÃO PAULO: Tiago Volpi; Igor Vinícius (Carneiro), Arboleda, Bruno Alves (Leo), Reinaldo; Tchê Tchê (Helinho); Igor Gomes (Luciano), Daniel Alves, Liziero (Gabriel Sara), Vitor Bueno; Pablo.
Técnico: Fernando Diniz

BAHIA: Douglas Friedrich (Anderson); João Pedro, Ernando, Juninho e Zeca; Ronaldo, Gregore (Elton), Rodriguinho (Daniel), Élber e Rossi (Alesson); Gilberto (Saldanha).
Técnico: Roger Machado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais