Júlio Baptista relembra trajetória no futebol se declara ao São Paulo: “Devo tudo”

Ex-jogador surgiu ao lado de Kaká no Tricolor no começo dos anos 2000

Há um ano e meio aposentado, Júlio Baptista possui uma carreira vitoriosa no mundo da bola com títulos de expressão por São Paulo, Real Madrid, da Espanha, Cruzeiro e Seleção Brasileira e não esquece de sua origem no Tricolor do Morumbi.

Em entrevista ao Jogo Aberto, da TV Bandeirantes, o ex-jogador, que atualmente trabalha como treinador nas categorias de base do Valladolid, da Espanha, se declarou ao São Paulo por ter apostado em seu futebol.

É um clube que sempre vai ficar na minha memória. É o clube que me revelou, que me ajudou a ser profissional. Eu devo tudo ao São Paulo. Vivi momentos espetaculares lá. Infelizmente, não pude dar mais ao São Paulo. Gostaria muito de ter conquistado um título importante, não tive a possibilidade. O sentimento que fica é o de gratidão“, declarou.

Logo após pendurar as chuteiras em 2018, o Júlio Baptista não escondeu o desejo de um dia se tornar técnico do São Paulo. Entretanto, afirmou que só irá aceitar um convite quando estiver com uma carreira consolidada na nova função.

NÚMEROS DE JÚLIO BAPTISTA PELO SÃO PAULO

Entre as temporadas 2000 e 2003, o meia-atacante defendeu o São Paulo em 114 partidas e marcou 19 gols. Ele se sagrou campeão da Copa São Paulo de 2000, Torneio Rio-São PAulo de 2001 e Supercampeonato Paulista de 2002.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais