Márcio Araújo explica qual é a sua função na comissão técnica de Diniz no São Paulo

Auxiliar revelou como tem ajudado na construção do time do Morumbi desde a chegada em setembro de 2019

A rotatividade de técnicos de futebol no Brasil é tão comum como a troca de cores num semáforo. Bastam três a quatro resultados ruins para vir a diretoria com a ideia de mudar tudo para ver se consegue salvar o ano. Fernando Diniz, no São Paulo, é um exemplo de vida complicada no cargo e conta com apoio de sua comissão técnica para suportar a pressão de mídia e torcida.

Em entrevista aos jornalistas Arnaldo Ribeiro e Eduardo Tirone, no Youtube, o auxiliar técnico Márcio Araújo lamentou a falta de tranquilidade aos treinadores no Brasil e contou como tem atuado nos bastidores da formação do time do Tricolor

Eu não sei se tem treinador no mundo igual o brasileiro. O problema é que a gente é forjado no medo de perder o emprego. É mais ou menos como está o COVID-19. As pessoas estão com medo de sair à rua, de se cumprimentar. É claro que tem que ter os cuidados, mas o pânico deve fazer com que os índices de depressão e síndrome do pânico. A gente brinca que, se é técnico de time pequeno, ele já mora perto da rodoviária. Se for de grande, é de aeroporto”, declarou.

A minha participação é mais de bastidor, mais na conversa tática que técnica. Eu procuro enxergar e ver, antes de todo mundo, o que todo mundo ainda não viu. Me dedico a prestar o máximo de atenção no que está acontecendo e antever o que pode acontecer. Também tento dar um conselho no que seja importante, seja na substituição, na escalação ou no dia a dia. Ser um auxiliar que dá apenas o treino tá muito pouco pra gente”, finalizou.

Márcio Araújo já comandou o São Paulo por duas vezes à beira do gramado em razão de suspensões de Fernando Diniz e possui 50% de aproveitamento.

No primeiro duelo, auxiliar conduziu o Tricolor a vitória por 2 a 1 sobre o Internacional, no Morumbi, em jogo do Brasileirão 2019. Já este ano, ele dirigiu a equipe contra o Binacional, na estreia da Libertadores, e saiu com revés por 2 a 1.

ASSISTA AO VÍDEO DA ENTREVISTA DE MÁRCIO ARAÚJO SOBRE O SÃO PAULO:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais