Milton Cruz revela tentativa de levar Daniel Alves ainda jovem ao São Paulo

Membro da comissão técnica do São Paulo por quase 20 anos, Milton Cruz revelou uma tentativa de contratar Daniel Alves ainda jovem para o Tricolor Paulista. O treinador, que atualmente está sem clube, contou em live no Instagram da Gazeta Esportiva que observou o camisa 10 em seus primeiros anos de carreira, pelo Bahia, e quis levá-lo ao Morumbi, mas sem sucesso.

Eu lembro que eu estava no São Paulo, o treinador era o Oswaldo de Oliveira, e eu fui ver um jogo entre Bahia e Gama. Eu vi o Daniel Alves e me chamou muito a atenção. Eu quis trazer para o São Paulo, ele só tinha 18 anos. Aí não deu certo, ele acabou indo para a Espanha. Acabei encontrando com ele várias vezes, quando viajei para a Europa ou quando ele vinha para cá sempre passava no CT. Ele sempre se declarou são-paulino. E a gente vê que é mesmo. É um cara que gosta do São Paulo, sempre torceu“, declarou.

Revelado em 2001 pelo Tricolor Baiano, Dani Alves rapidamente se transferiu para o futebol europeu, contratado pelo Sevilla. Em 2008, o lateral direito se transferiu para o Barcelona, onde viveu os melhores momentos da carreira. Antes de chegar ao São Paulo, ele ainda acumulou passagens por Juventus e Paris Saint-Germain.

Milton Cruz ainda defendeu o camisa 10 do clube do Morumbi pela polêmica causada no último domingo. O jogador de 37 anos publicou um vídeo no qual aparece tocando um instrumento de percussão, fato que não pegou bem entre os torcedores porque ele não viajou junto à delegação para o jogo contra a LDU por estar em fase de recuperação de uma fratura no antebraço.

Então, eu acho assim: se você não pode viajar é uma coisa. Você fica treinando, vai lá com os amigos passar um tempo, com o distanciamento nessa época de pandemia. O que importa é o profissional que ele é. Quando está jogando, treinando, e eu sei que ele se dedica e é um jogador de grupo. O pessoal gosta de estar junto com ele. Tenho amigos lá dentro que falam muito bem do Daniel. Então pode ter certeza que não foi por maldade. Se ele achasse que ia prejudicar, não faria uma coisa dessas. Ainda mais ele que é super profissional, gosta tanto do clube. Não vejo motivo para polêmica“, explicou Milton.

Sem Daniel Alves, o São Paulo perdeu por 4 a 2 para a LDU, em Quito, e se complicou na Copa Libertadores. A equipe comandada por Fernando Diniz volta a campo no sábado (26), às 19h (de Brasília), quando enfrenta o Internacional, no Beira-Rio, pelo Campeonato Brasileiro.

Fonte: Gazeta Esportiva

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais