Pai de Alexandre Pato quebra o silêncio e fala sobre possível interesse do Atlético-MG

Atacante perdeu espaço no elenco de Fernando Diniz e pode ser negociado devido ao alto salário

Apesar do Atlético-MG estar no mercado em busca de reforços e Alexandre Pato já ter sido pedido por Jorge Sampaoli nos tempos de Santos, até o momento não há nenhuma negociação envolvendo o atacante do Tricolor com o time mineiro.

De acordo com o pai do atacante do São Paulo, Geraldo Rodrigues, em entrevista ao site O Tempo, de Minas Gerais, não existe negociação para seu filho defender o Galo.

Estou surpreso com essa situação. Não estou ciente de nada. Ele é jogador do São Paulo e está cumprindo as funções dele lá. Nós não temos situação nenhuma e nem o clube. Não temos nada sobre o Atlético”, disse , pai de Pato.

LEIA MAIS
+ Torcedores do São Paulo se revoltam com derrota para o Vasco e pedem demissão de Diniz: “Não dá mais”
+ São Paulo e Grêmio avançam por troca entre Everton e Luciano; veja detalhes
+ São Paulo tem dois nomes em lista dos 500 jogadores mais importantes do mundo; veja relação

O possível interesse surgiu com força na manhã desta segunda-feira (17) através de informações do jornalista Luiz Ademar Jr. Ele noticiou que a perda do espaço de Pato no São Paulo o colocou no radar do Atlético-MG.

Vivendo momento conturbado no São Paulo, Pato tem sido uma das últimas opções de Fernando Diniz para os jogos da equipe e o atacante tem futuro indefinido devido à falta de oportunidades.

No entanto, a situação parece não ter nenhuma chance de ser concretizada. Em contato com o site Super.FC, o pai de Alexandre Pato, o Atlético-MG e Alexandre Pássaro, dirigente do São Paulo, trataram de negar a possibilidade de contratação.

Em contato com o portal mineiro, o Atlético negou o interesse na chegada de Pato através de sua assessoria de imprensa. “Não há nada”, disse Alexandre Mattos.

NÚMEROS DE ALEXANDRE PATO

Nesta segunda passagem pelo Tricolor, Alexandre Pato soma 35 jogos pelo time profissional e marcou nove gols.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais