Rebaixamento do Portimonense em Portugal pode prejudicar o São Paulo; entenda

Tricolor possui três jogadores vinculados ao clube português e pensa em faturar alto

O futuro do Portimonense no Campeonato Português 2019/2020 é visto de perto pelo São Paulo e pode ter impacto em seu orçamento. O clube da cidade de Portimão conta com o zagueiro Rodrigo e o lateral Júnior Tavares emprestados, além do recém comprado Lucas Fernandes, e havia manifestado o interesse em comprá-los para a próxima temporada.

De acordo com apuração da Gazeta Esportiva, o Portimonense já sinalizou ao Tricolor o desejo de efetivar a cláusula de compra do zagueiro Rodrigo. Afinal, o acordo tem estipulado a venda de 50% dos direitos econômicos do atleta de 22 anos por 3,5 milhões de euros (R$ 20,6 milhões).

Já o portal Meu Tricolor tem a informação de que o treinador António Folha também pediu a permanência de Júnior Tavares e o Tricolor vê com bons olhos negociar parte de seus direitos já que Diniz, atualmente, conta com Reinaldo, Léo e Caíque para a lateral-esquerda.

Assim, para faturar com os atletas e aliviar o caixa da crise financeira instaurada neste período de pandemia do coronavírus, o São Paulo torce para que o time português consiga escapar do rebaixamento para os negócios avançarem para um final feliz.

Uma queda de divisão do Portimonense também seria prejudicial em relação a imagem de Lucas Fernandes. Durante a paralisação do futebol no mundo em razão do Covid-19, clubes de Itália e Ucrânia fizeram sondagem pelo meia ex-São Paulo. O Tricolor vendeu 50% dos direitos econômicos por R$ 10 milhões e manteve a outra metade para lucrar em transação futura.

SITUAÇÃO DO PORTIMONENSE

Atualmente, o Portimonense está na 17ª colocação do Campeonato Português, o primeiro time da zona de rebaixamento, com 21 pontos, e precisa de arrancada nas últimas sete rodadas para evitar a queda.

O Paços Ferreira é a primeira equipe fora do grupo que cai de divisão com sete pontos de vantagem na frente.

PREVISÃO ORÇAMENTÁRIA DO SÃO PAULO

Após revelar o balanço de 2019 revelado com déficit de R$ 156 milhões, o São Paulo estipulou lucrar cerca de R$ 155 milhões com vendas de jogadores em 2020 e já conseguiu boa venda de Antony ao Ajax, além da venda do restante do percentual de David Neres aos holandeses.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais