Rojas, Walce e Carneiro: Diniz explica seus planos para o trio no São Paulo

Técnico tem usado tempo da paralisação para bolar planos para o Tricolor

O técnico Fernando Diniz tem usado o tempo livre forçado em razão da paralisação do esporte por conta da pandemia do coronavírus para planejar o São Paulo Futebol Clube e estuda opções para testar o trio Joao Rojas, Walce e Gonzalo Carneiro.

O caso de Joao Rojas é o mais crítico do trio. Destaque do São Paulo no primeiro turno do Brasileirão de 2018, o equatoriano encantou em campo pela habilidade, entrega e gols importantes em grandes jogos. Porém, sofreu duas graves lesões no joelho direito e nunca mais entrou em campo pelo Tricolor. Seu contrato vence no próximo dia 31 de julho e há um desejo de renovação até o fim do ano para o atleta ter condições de mostrar seu futebol.

Infelizmente, não pude contar com o Rojas em nenhum momento, não sabemos quando vamos poder contar com ele. É um jogador que eu não tive muitas oportunidades de conversar, não só pela língua, mas porque ele esteve algum tempo afastado do CT, fazia cirurgia e voltava. Mas ele é um cara que está sempre lá se dedicando. Tinha muita expectativa em cima dele porque fez grandes jogos pelo São Paulo. Tomara que a gente consiga contar com ele nessa temporada”, lamentou Diniz.

Apontado como uma das principais revelações de Cotia ao lado de Antony e Igor Gomes, o zagueiro Walce rompeu o ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo enquanto estava com a Seleção Olímpica e perdeu a transferência ao RB Bragantino. O treinador do Tricolor vê o jovem evoluindo bem e com uma boa mentalidade para voltar a jogar em breve.

Ficamos muito tristes com o que aconteceu com o Walce porque ele é um jogador muito promissor, um grande talento que o São Paulo tem. Eu tenho muita abertura com ele, mas é um cara que tem a cabeça muito especial. Ele está sabendo enfrentar muito bem esse problema. Ele vai se recuperar no momento certo e voltar mais forte”, disse o técnico.

O que fazer com Gonzalo Carneiro. O atacante uruguaio contratado pelo São Paulo em 2018 ficou o ano passado inapto a jogar devido a uma suspensão por doping, mas conseguiu a liberação para voltar a ativa. Diniz afirma que irá dar uma chance para o jogador dar a volta por cima na carreira.

Eu ainda não conversei com o Carneiro, mas eu estou muito feliz pelo retorno dele e eu vou fazer de tudo para ele se encontrar no São Paulo, porque, pelo que eu sei, é um jogador que veio muito bem referendado, mas que não conseguiu achar o seu melhor ainda. Então, vou fazer de tudo para que ele possa se sentir seguro e desenvolver aquilo que não conseguiu desenvolver antes do problema”, finalizou.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais