Sampaoli liga para Pato, mas não se empolga e descarta contratação do atacante no Atlético-MG

Atacante perdeu espaço com o técnico Fernando Diniz e está em lista de negociações do São Paulo

Após perder espaço no elenco do São Paulo, Alexandre Pato involuntariamente entrou na lista de negociáveis do time do Morumbi já que possui alto salário e o Atlético-MG não se empolgou com a possibilidade de contar com o badalado atacante.

Segundo o site UOL Esporte, Pato, que nem sequer foi escolhido para entrar em campo com as cinco alterações do São Paulo, recebeu um contato do técnico argentino Jorge Sampaoli para falar sobre o futuro.

O argentino costuma se manter atualizado e buscar as melhores opções para o seu time. Por coincidência, o treinador gosta do estilo de jogo do atacante são-paulino. Por isso, entre as diversas conversas que ele teve recentemente estava esta com Alexandre Pato. No caso, Sampaoli até fez uma ligação para o atacante, que retornou o contato, segundo uma pessoa próxima da dupla.

LEIA MAIS
+ Torcedores do São Paulo se revoltam com derrota para o Vasco e pedem demissão de Diniz: “Não dá mais”
+ São Paulo e Grêmio avançam por troca entre Everton e Luciano; veja detalhes
+ São Paulo tem dois nomes em lista dos 500 jogadores mais importantes do mundo; veja relação

No entanto, no momento não há qualquer negociação para que ele troque o São Paulo pelo Atlético. Na avaliação do clube mineiro, o badalado jogador não tem o perfil que se encaixa ao esperado pelo Galo. Além disso, o clube mineiro não está disposto a fazer um grande investimento para contratá-lo agora.

Pato tem vínculo com o São Paulo até 31 de dezembro de 2022. O atacante tem um salário considerado alto para os padrões brasileiros e já esteve na mira de outros times. Neste ano, ele recusou uma oferta de US$ 3 milhões (cerca de R$ 16,53 milhões na cotação atua) do Shabab Al Ahli, de Dubai.

Fonte: UOL Esporte

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais