São Paulo negocia rescisão com Pato e projeta economiza de quase R$ 40 milhões; veja

Atacante perdeu espaço com o técnico Fernando Diniz e está de saída do Tricolor do Morumbi

Fora dos planos do técnico Fernando Diniz, o atacante Alexandre Pato não participou do treino do São Paulo, no CT da Barra Funda, nesta quarta-feira (19), e negocia a rescisão de contrato definitiva. É o que informa o jornalista Eduardo Affonso, da ESPN

Na mira do Internacional, o atacante vê com bons olhos voltar ao clube que o projetou para o futebol, mas ouviu de dirigentes que somente haveria negociação caso estivesse sem vínculo com o São Paulo.

A ausência no treino desta quarta-feira o deixa fora de ação para o duelo contra o Bahia. Na avaliação do departamento de futebol e da comissão técnica, o jogador de 30 anos não tem entregado o que dele se espera. O clube, inclusive, não descarta negociá-lo.

Segundo Eduardo Affonso, o São Paulo projeta ter uma economia de 35 a 40 milhões com a saída do jogador. Afinal, no ato de sua contratação, em 2019, o Tricolor acertou gorda quantia salarial até o fim do contrato e ainda topou quitar a divida que o jogador fez com o time chinês para quebrar o contrato.

Um anúncio oficial do São Paulo para a saída do jogador está prevista para acontecer até a próxima sexta-feira (21).

CHANCE PARA PATO

O técnico Fernando Diniz, um dos seus principais defensores, se sentiu decepcionado com o atleta após a eliminação para o Mirassol. Depois disso, Pato ficou no banco de reservas contra Fortaleza e Vasco.

Na última partida, inclusive, Pato virou a última opção de ataque, atrás inclusive de Gonzalo Carneiro, afastado do futebol por mais de um ano.

Neste ano, Pato soma quatro gols em 13 jogos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais