Souza relembra final Libertadores de 2006 e ironiza título do Inter: “Não ganhou o melhor”

Meio-campista não acredita no revés do Tricolor na luta pelo tetra do torneio

Souza sonhou com a chance do São Paulo faturar o tetra da Copa Libertadores em 2006 e brigar pelo quarto título mundial de sua história. Entretanto, acabou sendo surpreendido pelo Internacional, amargou o vice-campeonato e o revés até hoje, 14 anos depois, não digeriu bem o revés.

Em entrevista à “Rádio Bandeirantes”, o meio-campista afirmou que respeita e não tira méritos do time gaúcho na decisão do torneio sul-americano, mas crê que o melhor clube era o São Paulo.

Acho que não ganhou o melhor na Libertadores de 2006. Evidente que não vou tirar os méritos do Inter. Era um time muito bom. Sempre estava brigando conosco. Porém, acredito que fomos prejudicados no Morumbi no primeiro jogo na expulsão do Josué“, disse.

No jogo de ida, no Morumbi, o São Paulo perdeu por 2 a 1 para o Internacional. Em Porto Alegre, na partida decisiva, o duelo ficou no empate por 2 a 2 e o caneco foi entregue ao Colorado.

Viemos para o Beira-Rio com resultado adverso. Para tirar aqui foi difícil. Mas se tivesse mais 10 minutos no tempo normal, o São Paulo teria vencido”, acrescentou.

Definitivamente, Souza não consegue tirar da cabeça o gol perdido perdido por Lugano logo no começo da decisão no Beira-Rio e lamenta que o centroavante Ricardo Oliveira, que estava emprestado pelo Bétis, da Espanha, não pôde jogar já que os espanhóis não o liberaram para o jogo já que o contrato havia acabado.

No Beira-Rio, tivemos duas chances claras de gol com o Lugano no início do jogo. Fosse o Ricardo ali, um deles ele faria e poderia facilitar as coisas para nós. Lembro que o Jorge Wagner estava acertado com o Betis. E o Inter só ia liberar se o Ricardo Oliveira não jogasse. E isso também foi decisivo”, concluiu.

NÚMEROS DE SOUZA NO SÃO PAULO

Em cinco temporadas pelo São Paulo, Souza jogou 234 jogos, marcou 36 gols e soma 34 assistências.

Ele foi vendido ao PSG, da França, por 4 milhões de euros em 2008 e o Tricolor lucrou 3,5 milhões de euros (R$9 milhões na época).

Atualmente, o meio-campista de 40 anos defende o Murici, de Alagoas, e se prepara para aposentadoria dos gramados.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais