Técnico do São Paulo esfria interesse do Ajax em Igor Gomes: “Não deve sair agora”

Meio-campista do São Paulo é o novo alvo de cobiça de gigantes europeus

Um dos principais nomes do São Paulo, Igor Gomes tem sido alvo de cobiça de gigantes europeus após a venda de Antony ao Ajax. O clube holandês, inclusive, já cresceu o olho em cima do meio-campista do Tricolor, mas terá que disputá-lo com os espanhóis Real Madrid e Barcelona e nenhum dos nomes deve consegui-lo tão rapidamente.

Quem garante? Fernando Diniz. Em entrevista ao quadro Caioba Game Show, do Globoesporte.com, o treinador do São Paulo declarou não crer na possibilidade de seu titular decidir se aventurar na Europa com ‘apenas um ano no profissional’.

Esse menino de maneira especial tem uma cabeça muito boa. É um cara tranquilo. É um jogador acima da curva tecnicamente e como pessoa também. É um moleque muito bem formado. Ele e Antony tiveram um encaixe muito bom comigo. Vejo que o Igor não deve sair por agora. Acho que ele tem um tempo de maturação. Ele praticamente começou a jogar depois da minha chegada“, disse.

É uma figura central do nosso time. Tomara que ele fique. É um desejo que tenho, claro, mas os dados de realidade que tenho em mãos é que o Igor deve permanecer com a gente por mais um tempo“, completou.

Igor Gomes tem contrato com o São Paulo até março de 2023 e uma multa rescisória de 50 milhões de euros (R$ 272 milhões). O portal Meu Tricolor apurou que uma oferta entre 35 a 40 milhões de euros (R$ 222 milhões) será o suficiente para o meia ser vendido.

Entretanto, a condição da diretoria do Tricolor para fazer negócio, que dá a confiança citada acima pelo técnico Fernando Diniz, é com o atleta saindo apenas após o fim da temporada de 2020.

IMPORTÂNCIA DE IGOR GOMES NO ORÇAMENTO DO SÃO PAULO

O planejamento financeiro do Tricolor para 2020 prevê um lucro de 33 milhões de euros (R$ 155 milhões) em vendas de jogadores da base e do elenco profissional. Hoje, o clube embolsou 7 milhões de euros pela venda de 20% dos direitos de David Neres ao Ajax e ainda vai receber mais 16 milhões pela compra de Antony.

Ou seja, a diretoria do São Paulo já conseguiu 23 milhões de euros e faltam ‘apenas’ 10 milhões de euros para bater a meta orçamentária. A venda de Igor Gomes pode significar a quitação de débitos do ano passado e o equilíbrio financeiro para o presidente Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, passar o cargo para o futuro mandatário com as contas no azul no fim de 2020.

Além disso, ainda falta adicionar a somatória total o valor de 1 milhão de euros (R$ 5,5 milhões) referentes da negociação de prioridade de compra de Gustavo Maia ao Barcelona, da Espanha, até o meio de 2020.

O clube catalão tem até o dia 30 de junho para pagar a quantia em que lhe garantiu a prioridade ou acertar a compra definitiva da jovem revelação da base do São Paulo por 4,5 milhões de euros (R$ 25 milhões).

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais