Tiago Volpi, do São Paulo, quase acertou com o Flamengo em 2019, revela Marcos Braz

Goleiro foi contratado pelo Tricolor após insucessos com apostas em Sidão, Denis, Jean e Renan Ribeiro

Em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira (14), o vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, confirmou a saída do lateral-direito Rafinha ao Olympiacos, da Grécia, e surpreendeu ao afirmar que Tiago Volpi, do São Paulo, quase fechou com o time carioca em 2018.

Segundo o dirigente, o time carioca tem um acerto encaminhado com Volpi para assumir a vaga de Diego Alves, que havia entrado em atrito com o técnico Dorival Júnior e seria dispensado para a temporada 2019.

Entretanto, após a chapa do presidente Rodolfo Landim ganhar as eleições, Marcos Braz assumiu a função de vice-presidente de futebol e convenceu Diego Alves a ficar no Flamengo já que Dorival havia sido demitido para a chegada de Abel Braga.

LEIA MAIS DO SÃO PAULO
+ Daniel Alves diz que cada jogo é um sacrifício no Brasileirão: “Temos muito a melhorar”
+ Sobrevivente de tragédia no Líbano pede demissão de Leco do São Paulo; assista

Diego Alves quando a diretoria atual chegou, estava três meses afastado. Tinha goleiro vindo do México que estava aqui e teve que pegar a ponte aérea para São Paulo”, disse Braz.

A história é está mesmo. Com o desejo de voltar ao Brasil após anos no México, os agentes de Tiago Volpi procuraram o São Paulo já que o clube vivia a incerteza no gol pelos insucessos de Sidão, Denis, Renan Ribeiro e Jean e o goleiro acertou com o Tricolor por empréstimo de um ano.

Tiago Volpi caiu nas graças do São Paulo após um início de 2019 difícil e teve os direitos econômicos comprados pelo Tricolor junto ao Querétaro, do México, por 5 milhões de dólares (cerca de R$ 21 milhões). Ele assinou contrato até o fim de 2023.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

O Meu Tricolor usa Cookies para aperfeiçoar a experiência dos leitores. Aceita continuar? Aceito Leia mais